PESQUISAR ESTE BLOG

Carregando...

domingo, 6 de novembro de 2011

DICA DE ATIVIDADE - LIBRAS

1- Idéias para uso do jogo de adivinhação no ensino de Libras


Fonte dos desenhos: Glossário de Libras do Instituto Santa Teresinha - escola bilingue para surdos.
Vejam o quadro acima. Ele nos dá uma idéia de como desenvolver esse exercício.

Objetivos:

Desenvolver a habilidade de fazer comentários em Libras.(trabalha expressão)
Exercitar a compreensão dos sinais feitos pelos colegas.(trabalha compreensão)
Rever léxico já trabalhado.(vocabulário)

Metodologia: aplicação de método interativo.

Estratégia:

Apresentar aos alunos uma seleção de sinais. Por exemplo: PAPEL, DOMINGO, FLOR, BANHEIRO, PROFESSOR, TELEVISÃO, COR-DE-ROSA e NAMORAR.
Explicar que a partir dos sinais expostos no slide os alunos devem fazer um comentário. Um de cada vez e os colegas devem descobrir qual foi o sinal comentado.

Ex.: Aluno A escolhe mentalmente o sinal DOMINGO. Então, faz em sinais: DIA BOM CALMO DORMIR MUITO FAMÍLIA PASSEAR. Dentre os outros alunos presentes o que descobrir primeiro, deve fazer o sinal de DOMINGO.
O aluno que descobrir mais sinais ganha ponto. Ganha quem somar mais pontos ao final do exercício.

Recursos: datashow, uso de powerpoint e slide com fotos ou desenhos dos sinais diversos.

Apliquem em suas salas e deixem um comentário sobre a experiência



2- Idéias para uso de histórinhas (vídeo) no ensino de Libras

As histórias infantis são apropriadas para a aprendizagem de vários aspectos da língua de sinais. Principalmente, dos recursos usados em libras para a mudança de personagens (incorporação de personagem). Mesmo para adultos elas podem ser aplicadas.

Primeiro apresenta o vídeo: O professor de Libras pode parar em algumas partes do vídeo e mostrar para os alunos como o contador da história usa a direção do olhar para indicar que está falando diretamente com o outro personagem, como o contador usa a expressão facial para indicar a qual fala de personagem está assumindo em determinado momento.

Sugere-se que após apresentar um vídeo se proponha alguma atividade para que os alunos pratiquem.

Atividade 1A: Propor aos alunos que desenvolvam um teatro, cada qual assumindo um personagem. Dessa forma apresentarão em discurso direto.(trabalho em grupo)

Atividade 1B: Um único componente do grupo conta a mesma história, mas incorporando a fala de todos os personagens. Nesse momento é importante destacar que deve usar a direção do olhar, a expressão facial e a indicação prévia do lugar dos personagens no espaço de sinalização.(individual)



http://video.google.com/videoplay?docid=-1185384280730964074


Chapeuzinho vermelho surda:
Vídeo: Chapeuzinho vermelho.Roteiro e direção - Andréa Iguma; Contador - Sandro dos Santos Pereira

3- Idéias para uso de histórias em quadrinhos no ensino de Libras

Pode se desenvolver a sensibilidade cultural com a utilização de histórias em quadrinhos ou “tirinhas”. Na área de ensino de línguas, os professores estão constantemente procurando por maneiras e materiais que sejam inovadores para melhorarem suas aulas, com o propósito de torná-las mais didáticas e atrativas, proporcionando um melhor aprendizado aos alunos. Um número crescente de pessoas que trabalha na área de Ensino de Língua Estrangeira, desenvolveu suas teorias de ensino e aplicações no campo cultural, ou seja, a cultura que está presente nas histórias em quadrinhos.
No caso das histórias em quadrinhos para surdos é comum a expressão da surdez e do cotidiano dessa condição, das dificuldades de comunicação e fatos engraçados que acontecem no dia a dia. Além disso, as histórias em quadrinhos têm um grande apelo entre os estudantes de todas as idades.



LUPE VASCONCELOS - Ilustradora: http://www.lupevision.com/

Sugestão de atividade: Faça uma seleção de várias histórias em quadrinhos e as distribua entre os alunos (em dupla). Eles devem recontar a história, farão uma criação complementar à história, considerando que algum personagem é surdo ou expressando o que já conhecem sobre a comunidade surda. A criatividade deve aflorar nessa atividade. Cada dupla apresenta em Libras a história que inventaram a partir das imagens dos quadrinhos.

Leituras complementares:
BARBOSA, Alexandre (Org.). Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. São Paulo. Editora
Contexto, 2004.McCLOUD, Scott. Desvendando os quadrinhos. São Paulo. Makron Books, 1993.

4- Idéias para atividade de expressão corporal e facial: Incorporando personagens.

bjetivo:
Desenvolver expressão corporal e facial.
Compreender aspectos da cultura surda, treinar a atenção visual com o uso da luz para chamar a atenção das pessoas.

Estratégia:


Coloque as carteiras ao redor da sala. No meio da sala, já vazia, distribua no chão as fichas, colocadas separadamente.

Oriente aos alunos que eles devem caminhar pela sala. Quando o professor piscar as luzes da sala, cada aluno deve escolher uma ficha e aproximar-se de um dos lados da mesma, ler qual é o personagem e incorporá-lo. Deve usar de gestos, expressões faciais e seguir um enredo que combine com os personagens.

Depois de alguns segundos o professor pisca as luzes e os alunos devem continuar andando pela sala, quando piscar novamente os alunos devem se aproximar de outra ficha e incorporar esse outro personagem.

Exemplo:
Dois alunos, A e B, se aproximam da mesma ficha (com dois lados) um de frente para o outro , cada um assume o personagem escrito do seu lado, como: vovó de um lado e Lobo mal do outro.

Recurso Material:
Pegue um papel cartão, dobre em duas partes e escreva em cada lado o nome dos personagens.



Sugestões de personagens para serem escritos nas fichas:

Chapeuzinho X lobo mau
Policia X ladrão
Peter pan X sininho
Branca de Neve X velha má
Soldadinho de chumbo X Bailarina
Alice X coelho
Rapunzel X Príncipe
Cinderela X madrasta
João X Maria
Vovó X Lobo mau
Lobo mau X porquinho

Observação: Essa atividade pode ser aplicada em turmas de iniciantes em Libras, pois não há necessidade de ter um vasto vocabulário para a participação. 

5 - JOGO: Pronunciando frases em Libras


Uma qualidade importante e inerente ao professor é a CRIATIVIDADE. Uma boa sugestão para os iniciantes no planejamento de atividades pedagógicas é a pesquisa de jogos já existentes. Acredito que todos já tenham jogado algum jogo com roleta, certo!? Pois bem, vamos ao jogo de Libras.

JOGO: Pronunciando frases em Libras

a) Objetivo: desenvolver a percepção da flexão dos verbos da Libras

b) Conteúdo trabalhado: verbos com concordância: INFORMAR, MOSTRAR, DIZER (AVISAR), OLHAR, PEGAR, PERGUNTAR.

c) Material necessário: uma folha de papel sulfite apresentando o desenho de um círculo dividido em 8 partes iguais, encontrando-se escrita em cada uma delas, frases que contenham os verbos que deseja que sejam fixados.
# recorte uma seta que, ao ser fixada ao circulo, transformando-o em uma roleta;
# um dado;
# uma folha de papel

d) faixa etária: jovens e adultos

e) grupo alvo: alunos de nível I, II, ou III

f) Procedimentos:

# Em dupla, define-se quem iniciará o jogo;
# O primeiro participante lança o dado e verifica o número obtido, caminha as casas necessárias para chegar na frase, lê a frase em Libras ( os colega e professor devem ficar atentos se ele produz a frase usando a flexão de forma adequada);
# se fizer corretamente anota em uma folha os pontos, assim sucessivamente vai se anotando os pontos de cada participante;
# O jogo acaba quando todas as frases forem lidas;
# Somam-se os pontos obtidos por cada participante, vence quem tiver maior pontuação. 

6- Tesouro dos Piratas

Encontrei um jogo legal para crianças, tem adultos que também gostam de aprender com jogos. Acredito que dê para fazer uma adaptação. Eu estava pensando que nas pedras (tesouro) poderiam estar escrito os verbos como: AVISAR, CUIDAR, DAR, etc. Assim, podemos dizer uma regra de que os alunos só poderiam colocar a pedra no seu baú se inventarem três frases com o mesmo verbo. Veja que a partir dessas três frases o professor pode observar se eles estão produzindo a concordância de forma adequada, e os próprios alunos vão perceber que quando muda a pessoa do discurso a direção do verbo também muda, se produzirem de forma errada não podem pegar o tesouro.

7- Uso das configurações de mãos na Libras

Objetivos específicos-
Conhecer as Configurações de mãos que formam os sinais.
Reconhecer nos sinais uma das unidades mínimas.

Conteúdo
Formação dos sinais
Configuração de Mãos.

Estratégias:
Mostrar a tabela de Configuração de Mãos e explicar que com esses formatos de mãos podemos construir vários sinais da Libras.
Dar as cartas de CM para os alunos escolherem uma.
Cada aluno com sua carta- pede-se que na ordem do círculo cada uma faz três sinais que conhecem com aquela CM.
O aluno que não lembrar de três sinais sai da roda.
Ganha o jogo o aluno que conseguir ficar por último na roda.

Recursos materiais
Tabela de Configuração de Mãos.


Baralho de Configuração de Mãos


Onde comprar o material: LSBVídeo

Ou você mesmo pode fazer o seu em papel cartão, plastificando para que possa ser usado em várias aulas.

8- Ponto de articulação dos sinais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e contribuições. Sejam Bem Vindos